Servidor público poderá ocupar cargo mais importante do governo no Cone-sul

Nilton Gomes é agente penitenciário há 14 anos

Nomeação poderá estar no Diário Oficial desta sexta-feira, 4

O agente penitenciário, Nilton Gomes será o secretário executivo regional do Cone-sul de Rondônia. Muito embora o governador Marcos Rocha (PSL) não tenha formalizado a decisão pelas redes sociais, pessoas ligadas ao grupo confirmaram que o agente penitenciário irá ocupar o cargo mais importante do extremo sul do estado dentro do organograma do Governo.

A nomeação de Nilton também não foi decretada, mas a previsão será para a primeira fase de publicações, possivelmente veiculada nesta sexta-feira, 4. Nilton Gomes é aliado de Marcos Rocha desde a época em que o hoje governador ocupou o cargo de secretário de estado, comandando os agentes penitenciários em Rondônia.

Nilton Gomes é graduado em Ciências Contábeis, com pós-graduação em Direito Tributário, também pós-graduado em Terapia Comunitária Integrativa – quem faz análise de conflitos e dificuldades sociais – além de agente penitenciário há 14 anos. O futuro secretário regional já foi, inclusive, diretor geral do Centro de Ressocialização Cone-sul – o maior presídio da região que está instalado em Vilhena.

Em conversa com a equipe de reportagem da Gazeta Amazônica, Nilton contou que quando ocupou o cargo de presidente do Conselho da Comunidade – órgão do poder judiciário – desenvolveu projetos voltados à reinserção social. “Buscamos alternativas para alocar mão de obra de reclusos e garantimos convênio com a prefeitura através do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) que contratou cinco detentos para trabalhar”, elenca.

Sobre projetos que pretende implementar na região, Nilton explica que pretende “fortalecer os trabalhos já existentes, implementar em parceria com o judiciário parcerias, além de trabalhar junto com a APAC nos 7 municípios do Cone-sul”, projeta.

O QUE É APAC?

A Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) é uma entidade dedicada à recuperação e à reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade.

Nilton participou da solenidade de posse do governador no dia 1º de janeiro