Aprenda técnicas para desenvolver um currículo poderoso e sair na frente

Anelise Oppermann, recrutadora

Na busca por um emprego, saber montar um currículo é essencial. Pensando neste fato a recrutadora Anelise Oppermann vai apresentar as melhores dicas sobre o assunto. Confira:

A foto: escolha uma foto do rosto que favoreça o seu perfil, com resolução, roupa e fundo adequados.

Idade: é um indicativo importante para analisar a quantidade das experiências e a qualidade das habilidades profissionais.

Contato: coloque aqueles que você realmente usa e verifica diariamente, fique atento ao e-mail e telefone para responder com agilidade. Insira o DDD no número de telefone.

Cidade: mais importante que o endereço é saber onde você mora, nem sempre o recrutador é da mesma cidade que a sua, ou ainda, podem haver vagas para diferentes cidades ao mesmo tempo.

Graduação/cursos: aponte o mês e ano de conclusão. Se estiver cursando, insira o mês e ano previstos para a conclusão. Se estiver incompleto ou trancado, informe.

Experiências profissionais: descreva em ordem cronológica – do atual para o mais antigo – com os dados do período trabalhado, cargo exercido e as atividades realizadas de forma resumida. Se for o caso, inclua as informações de experiências profissionais informais ou autônomas.

Data do Currículo: os arquivos ficam salvos durante um tempo, é importante saber se a análise que está sendo feita é sobre itens recentes ou mais antigos. Idealmente, mantenha seu currículo atualizado a cada 6 meses nas empresas de seu interesse.

Nome do arquivo do currículo: salve o arquivo digital do currículo com o seu nome completo. Evite enviar arquivos com títulos diversos. Prefira “Jose da Silva_2019” a “Curriculo Mozão Atualizado”

Envio do Currículo: ao enviar o currículo para uma vaga, descreva no assunto do email qual a cidade de interesse e o cargo pretendido. Verifique a ortografia do que está escrito. Envie um e-mail individual para cada empresa e observe o que está escrito no corpo do e-mail. Quando é reencaminhado, a mensagem pode apresentar para onde foi enviado anteriormente, como outras empresas ou outras vagas e isso seria desnecessário.

Além disso, siga nas redes sociais as empresas nas quais você está buscando ingressar, pois essa é uma importante fonte de informações sobre processos seletivos em aberto. Manter-se informado sobre a instituição demonstra que de fato você está interessado (a) em fazer parte daquele time. Numa possível entrevista é sempre bom ouvir que o candidato está conectado e sabe sobre o negócio e cultura da empresa.

Com detalhes simples como esses, certamente seu currículo será mais claro e atraente, saindo na frente de outros candidatos.

Anelise Oppermann é Psicóloga pela PUC/RS e especialista em Gestão de Pessoas pela FIA/USP. Atua há mais de 15 anos como consultora em Desenvolvimento Humano Profissional. Mentora em Carreira e Facilitadora em Programas de Liderança e Empreendedorismo com experiência em projetos/empresas internacionais e nacionais.