Deputado quer solução para caso de sumiço de recém nascido há quase cinco anos atrás

Família precisa de uma resposta concreta das autoridades, diz o deputado

Durante reunião ordinária realizada nesta terça-feira (16), o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Anderson Pereira (Pros), propôs a abertura de uma discussão para tratar sobre o caso Nicolas Naitz, recém-nascido que desapareceu em Porto Velho em 2014. 

Anderson quer ouvir de representantes da Secretaria de Estado de Segurança, investigadores da Polícia Civil e até mesmo do delegado responsável pelo inquérito, informações de como está o andamento do caso que está prestes a completar cinco anos.  Segundo o parlamentar a família precisa de uma resposta concreta, pois até hoje o sumiço é tratado como um verdadeiro mistério. 

Em contato com a família do bebê, Anderson ouviu da mãe da criança a necessidade de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para apurar o caso, se as informações fornecidas forem conflitantes, pois o que não pode é a família ficar sem resposta. 

O deputado vai solicitar oficialmente do Ministério Público (MP-RO) e Polícia Civil todas as informações sobre o crime, dentre elas identificação de envolvidos. Preocupado com o caso e tantos outros semelhantes que aconteceram em diferentes cidades do Estado, Anderson vai propor por meio da comissão, um projeto de segurança nas unidades de saúde com objetivo de combater desaparecimentos de crianças, bebes, vinganças, acerto de contas e arrebentamento de reclusos, quando buscam atendimento.

Texto e Foto: Assessoria