Pelo menos dois estão cotados para uma possível substituição na Secretaria de Saúde de Vilhena

Faiçao e Serginho - Foto: Reprodução

Serginho da saúde e Faiçal Akari têm grande experiência com administração pública e não respondem a processos judiciais

Comenta-se nos bastidores da política local que a troca de comando das principais secretarias da prefeitura de Vilhena (saúde e obras) está previsto para o dia primeiro de maio.

Embora o assunto esteja sendo tratado com muita discrição entre o prefeito e seus assessores, o assunto está ganhando corpo e já há conjecturas acerca do nome que poderá assumir a Secretaria de Saúde, caso Afonso Emerick seja realmente desligado da pasta.

Assessores de Japonês confirmaram nesta sexta-feira, 19, que Afonso tem pedido pra sair há semanas. Ele não está conseguindo imprimir o ritmo de trabalho esperado. Pelo menos dois nomes estão na lista e podem ser os possíveis substitutos de Emerick.

O primeiro é o atual diretor do Hospital Regional, Faiçal Akari. Ele é tido como homem de bastidor, acessível e que trabalha para resolver os problemas. Diferentemente de Afonso, Faiçal não se esconde da população, está sempre disposto a atender as pessoas e tem bom trânsito na política local.

O segundo nome é o atual Gerente Regional de Saúde, Sérgio Mattos. Ele é um dos homens de confiança do grupo do deputado Luizinho Goebel (PV), tem o respeito de membros de diversos grupos e tem jogo de cintura pra conseguir trabalhar com os mais diferentes tipos de problema.

Tanto Faiçal quanto Serginho são homens de confiança, não respondem processos judiciais e ambos têm grande experiência na administração pública.