Equipes lideradas pela Seagri visitam floresta plantada em Vilhena

Propriedade é uma das referências na região

Neste final de semana, o Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (SEAGRI), representada pelo secretário Evandro Padovani, juntamente com o Vice-Governador José Jodan (PV) e a equipe da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (SEDAM), visitaram a Floresta Plantada no município de Vilhena, na fazenda Fortaleza, de propriedade do senhor Moacir Crocetta.

A espécie de Pinus Caribeae plantada na fazenda adaptou-se na região por opção, devido a outras culturas não terem sido desenvolvidas em áreas de solos pobres (sem nutrição mineral).

A princípio, quando foi plantada não se pensava na questão da madeira, que é um subproduto.

A árvore de Pinus entra em processo produtivo entre 6 e 8 anos, podendo se estender até os 20 anos, quando começa a decair a produção.

Nesse momento é chegada a hora do abate das árvores do povoamento, para fins comerciais da madeira, que pode ser comercializada em tora ou madeira beneficiada com excelente qualidade para as mais diversas aplicabilidades na indústria.

Em média, são plantadas 1.111 árvores por hectare, com a produção média de 3 a 3,5 toneladas por ano, com o preço estimado de R$ 3,50 o quilo da resina. Para cada 20 hectares usa-se a mão de obra de três pessoas, que podem ajudar na produção de 60 toneladas.

Da Assessoria