Mulher é brutalmente agredida em Vilhena

O algoz deferiu diversas pauladas contra a cabeça da vítima

Moradores do bairro Jardim Primavera, notadamente da Rua 1703, entraram em contato com o site Gazeta Amazônica para comunicar um crime brutal contra uma mulher de apaixonadamente 40 anos.

Moradores da redondeza relataram que a vítima tem problemas mentais e recebeu diversas pauladas na cabeça. A vizinhança entrou em contato com o Corpo de Bombeiros, que levou a mulher ao hospital.

“Ela sangrava pela boca e pelo nariz. A força das pauladas foi tão grande que o rosto ficou desconfigurados”, relatou um morador ao site.

A identidade da vítima ainda não foi informada, nem sei estado clínico.