Raio-X da Copa: Tite é quem menos mudou o time; incerteza marcou fracasso alemão

0
12

Em time que está ganhando não se mexe. Nesta Copa do Mundo, o ditado popular foi seguido à risca pelo técnico Tite na seleção brasileira. Entre todas as 32 equipes que disputaram a fase de grupos do Mundial, o Brasil foi aquela que menos mudou seu time titular entre uma partida e outra: foi apenas uma modificação nos três jogos da fase de grupos.

As seleções do México, da Suécia e da Austrália também mexeram apenas uma vez em suas equipes titulares, mas, no caso brasileiro, a solitária alteração ocorreu apenas por motivos médicos. O lateral direito Danilo, titular na estreia da seleção brasileira , precisou deixar o time nos jogos seguintes devido a uma lesão no quadril, dando lugar a Fagner.

O técnico Tite explicou após a vitória por 2 a 0 contra a Sérvia que a manutenção do mesmo time faz parte do seu método de trabalho. “Tem gente que gosta de rodar o time, mas eu não consigo trabalhar assim. Tenho que ter o mínimo de tempo hábil para a construção de uma equipe, de fortalecimento. Esse time já vinha em uma preparação antes da Copa. Aqui, apressa-se etapas, mas não pula-se etapas”, explicou.

Enquanto o treinador brasileiro manteve suas convicções – apesar das críticas ao desempenho de jogadores como Willian e Gabriel Jesus –, outros se mostraram bem mais inquietos durante a fase de grupos da Copa.

Fonte: Esporte – iG @ http://esporte.ig.com.br/futebol/copa-do-mundo-2018/2018-06-29/selecao-brasileira-mudancas-copa-do-mundo.html